Ultrassonografia Doppler

A ultrassonografia doppler é uma ferramenta disponível atualmente e com tecnologia relativamente nova na medicina veterinária, possibilitando o estudo não invasivo da hemodinâmica corporal.

Os modos de processamento de imagem Doppler são:

Doppler contínuo (CW)

É mais utilizado na cardiologia, sendo necessário na determinação da gravidade da insuficiência valvar e altas velocidades dos fluxos distais às lesões estenóticas.

Doppler pulsado ou espectral (PW)

Foram desenvolvidas técnicas de mapeamento pulsado com o objetivo de identificar a localização espacial das estruturas vasculares, onde o som é transmitido em pulsos e as imagens em tempo real, assim os sinais resultantes serão apresentados em forma audível e em gráficos simultaneamente.

Doppler colorido (CF)

Os equipamentos mais avançados de ultrassonografia fazem esse mapeamento colorido do fluxo sanguíneo. Seu fundamento básico é a sobreposição à imagem em tempo real do modo bidimensional de mapeamento de deslocamentos de frequência de toda porção imageada ou de uma parte dela, codificada em cores.

Doppler de amplitude (PD)

São dotados para apresentar maior mapeamento por amplitude de sinal e não por velocidade, dotados de maior sensibilidade para detectar sinais fracos, porém sem a informação sobre o direcionamento deste fluxo. Esta técnica reduz a dependência de angulação, diminuindo os artefatos e sem o aliasing.

Doppler tecidual (TD)

Segue os mesmos princípios do Doppler convencional, registra movimento de hemácias; mas o que se avalia nele será o movimento do miocárdio. O músculo cardíaco se movimenta com a velocidade menor que a do sangue, produzindo baixa amplitude. Esta modalidade de Doppler geramente é mais utilizada na ecocardiografia humana.

 

Os diversos modos de processamento Doppler tem diferentes interpretações, podendo ser utilizados em conjunto ou de forma complementar. É necessário o conhecimento de cada um deles para que se possa obter o melhor desempenho e o resultado satisfat��rio.

_TICO_CAN_YORK_2A_201407fluxo doppler

 

Fonte: Ultrassonografia Doppler em Pequenos Animais; Carvalho C., ed. Roca